Controle de gastos: Somente o necessário

Controle de gastos: Mulher sorrindo com várias bolsas de compras

 

            “ Eu uso o necessário, somente o necessário, o extraordinário é demais, eu digo necessário somente o necessário, por isso nessa vida eu vivo em paz” – Balu (Mogli: o Menino Lobo, 1967)

            Muita gente não percebe a quantidade de mensagens escondidas que têm os desenhos animados e suas músicas. Quando criança, cantávamos e amávamos essas musiquinhas, mas hoje olharemos para uma delas com um olhar mais técnico e maduro.

              No artigo de hoje, iremos lembrar do velho conselho que Balu dava à Mogli na animação produzida pela Walt Disney em 1967, Mogli: o Menino Lobo.

 

Controle de gastos: Cortando gastos desnecessários

 

            Se analisarmos essa música com um olhar focado em economia, entenderemos que Balu estava certíssimo: para que precisamos gastar com aquilo que não é necessário?

        Mas não vamos bancar de grandes mestres em poupar dinheiro, sabemos muito bem que é difícil controlar aquele pequeno bichinho de estimação chamado cartão de crédito. É uma verdadeira tentação quando você passa na frente daquela loja que está com uma superpromoção. Você sabe que eles parcelam a perder de vista e você tem aquele crédito disponível… “Ah! Só uma peça, só uma coisinha, só mais uma, só mais uma…” E, no final, você sai da loja com umas 5 sacolas!

          Chega o mês seguinte e você percebe que não tem aquele dinheiro para pagar sua dívida. Você sai apertando daqui, apertando dali, e quando faz as contas, aquela promoção custou muito caro para seu bolso e a falta de um bom planejamento financeiro te deu uma baita dor de cabeça.

            Gastar dinheiro é muito fácil, mas nesses tempos difíceis que estamos enfrentando no Brasil, onde a crise financeira está sendo o foco da mídia, de jornais, revistas e internet, temos que ter um cuidado maior na hora de contrair despesas.

           Devido à inflação e seus efeitos, tudo está ficando mais caro, e isso faz com que os R$ 100,00 de hoje não comprem mais o que compravam em 2015. Por esse motivo, gastar apenas com o necessário é extremamente importante para um efetivo controle de gastos.

 

Dicas para guardar dinheiro

 

        Nossa equipe separou para você algumas dicas para lhe auxiliar no seu planejamento financeiro e, principalmente, no controle de gastos, seguindo o conselho do Balu. Colocando-as em prática, guardar dinheiro não será mais um problema para você:

 

  • DICA #01: Tenha em mente um objetivo para seu dinheiro. Isso pode parecer clichê, mas tenha certeza, quando você tem um objetivo para aquele dinheiro, faz com que automaticamente você tenha uma restrição a gastá-lo. Para seguir essa dica, você pode usar um artifício que sempre funciona para estabelecer um objetivo. Coloque lembretes em sua carteira ou no próprio cartão de crédito com seu objetivo escrito. Isso vai sempre te fazer lembrar do que é realmente necessário.

 

  • DICA #02: Quando vir uma promoção pergunte a você mesmo: “Será que eu realmente preciso disso?”. Também pode parecer banal, mas acredite, te fará economizar muito! Faça isso para não bancar uma de Becky Bloom (Delírios de Consumo de Becky Bloom, 2009), comprar mais do que o necessário e não conseguir pagar depois.

 

  • Pessoa com uma pilha de roupas na promoçãoDICA #03: A terceira dica funciona para uma parte das pessoas e vale a pena experimentar. Todo mundo sabe, hoje em dia, da facilidade que os cartões possibilitam ao usuário. Muitas vezes, você acaba perdendo a noção do quanto está gastando. Além disso, se você esquece de pagar a conta do Cartão de Crédito, juros altíssimos podem ser cobrados. Muitos poderão dizer que usar o cartão é mais seguro, e que “dinheiro na mão, gastos de montão”. Mas existem pessoas que precisam ver, literalmente, o que está sendo gasto e que fazem um melhor controle de gastos com o dinheiro em espécie. A dica então é: Para você criar noção dos seus gastos, é interessante nos primeiros meses, sacar do banco o dinheiro do seu salário e separar o valor destinado ao pagamento de contas. Você pode até utilizar o artifício dos lembretes, mencionados anteriormente. Feito isso, você saberá com o que está realmente gastando e verificar se – e quanto – sobra no final do mês.

 

  • DICA #04: Aproveitando a dica anterior, após fazer a destinação e o efetivo controle de gastos, defina, para o restante que sobrou, porcentagens para o lazer, para uma viagem futura, para a compra de um carro ou casa, mas não se esqueça de guardar uma parte para um bom investimento, como o Tesouro Direto, por exemplo.

 

  • DICA #05: Essa será a última dica: faça lista de compras. Uma dica simples, mas fazer lista de compras e também uma tabela com todos os gastos que serão feitos no mês ajuda muito a controlar as despesas. Não precisa ser uma super tabela no Excel! Uma coisa simples, em uma agenda mesmo, pode ajudar muito, pois você vai ter uma noção de quanto pode gastar naquele mês. Mas como fazer isso? Bom, vamos falar mais sobre planilhas e listas e sobre aplicativos para o celular que ajudam muito no controle das despesas domésticas em uma outra oportunidade.

 

Conclusão

 

            Portanto, vimos que de uma simples música infantil podemos tirar conclusões incríveis. Destacamos, aqui nesse artigo, algumas dicas que ajudarão você a economizar, guardar mais dinheiro e controlar seus gastos. Além disso, a seguir o conselho do nosso amigo Balu: Use o necessário, somente o necessário, pois o extraordinário é demais.

                Deixamos bem claro que nenhum objetivo é alcançado sem esforço. Você precisa estar disposto a, muitas vezes, abrir mão das tentações que vão aparecer pelo caminho. Mas com foco e disciplina, e se seus objetivos são realmente prioridades na sua vida, você irá conseguir alcança-los.

                 Bom, esperamos que tenha gostado do artigo!

                 Não deixe de comentar esse post com a sua crítica, sugestão ou elogio.  Sua opinião é muito importante para nós.

                Compartilhe essa dica com seus amigos e volte sempre aqui para saber cada vez mais sobre esses e muitos outros assuntos.

                Esperamos você, até breve!

2 thoughts on “Controle de gastos: Somente o necessário

Deixe seu comentário com dúvidas, críticas, sugestões e elogios.