Por que investir no Tesouro Direto?

Homem segurando um cofrinho de moedas (porquinho).

 

         Uma das alternativas de investimento em renda fixa que mais cresce no Brasil, o Tesouro Direto tem sido considerado por muitos consultores financeiros uma excelente opção para investidores de todos os níveis, desde iniciantes até os mais experientes, inclusive nos tempos de crise em que se encontra o país.

  • Mas o que é o Tesouro Direto?
  • Quanto é necessário para começar a investir?
  • Quais são as vantagens?

             Ao final deste artigo você será capaz de responder estas e outras perguntas sobre o assunto e terá a oportunidade de aprimorar seus conhecimentos navegando por outros artigos destacados durante o texto.

 

O Tesouro Direto

 

             O Tesouro Direto é um programa do Tesouro Nacional do Governo Federal em parceria com a BMF&F Bovespa – a bolsa oficial do Brasil – implementado em 2002, com o objetivo de democratizar e incentivar o acesso a investimentos em títulos públicos por pessoas físicas.

               Em outras palavras, é uma forma de investimento onde qualquer cidadão pode começar a investir em Títulos do Governo, basta que esteja inscrito no Cadastro de Pessoas Físicas – o CPF – e tenha uma conta corrente.

 

Títulos Públicos?

Caricatura de trabalhador com dúvidas

 

          Títulos Públicos são ativos de renda fixa, investimentos com rentabilidades conhecidas já no momento da aplicação, emitidos pelo Tesouro Nacional para custear a Dívida Pública, o Déficit Orçamentário e, até mesmo, para financiar investimentos em saúde, educação, infraestrutura, entre outros, indispensáveis ao desenvolvimento do Brasil.

            Resumindo, a ideia é incentivar as pessoas a emprestar dinheiro ao Governo em troca do direito de receber no futuro uma remuneração por este empréstimo, ou seja, você receberá o que emprestou mais os juros sobre esse empréstimo.

 

Quanto é necessário para começar a investir?

 

               Ninguém precisa ter muito dinheiro ou ser expert em economia para investir no Tesouro Direto. Com apenas R$30,00 você já pode iniciar no Programa. Isso porque os Títulos estão disponíveis para compra em parcelas de 1% do valor atual de um título, respeitado o limite mínimo mencionado.

 

Quais são as principais vantagens do Tesouro Direto?

 

               As principais vantagens para quem quer começar a investir no Tesouro Direto são:

  • Segurança: Os títulos públicos estão entre os investimentos de menor risco da economia, posto que são integralmente garantidos pelo Governo Federal. Ou seja, o Governo garante o pagamento de 100% do seu investimento.
  • Liquidez: Como o Governo garante a recompra diária dos títulos, você pode vender antecipadamente seus títulos adquiridos – ou parcela deles – sempre que desejar. Ao contrário de alguns tipos de investimento, o dinheiro investido no Tesouro Direto pode ser resgatado a qualquer momento, a preços de mercado.
  • Acessibilidade: Como já foi mencionado, basta que a pessoa tenha um CPF e uma conta corrente para investir. O investimento mínimo é de R$30 e você pode realizar todo o processo sem sair de casa, pela internet com 100% de segurança garantida pelo Governo.
  • Flexibilidade: Com o Tesouro Direto, você pode planejar o seu ganho montando sua própria carteira de acordo com o seu perfil e objetivos financeiros. Isso porque o Programa oferece algumas alternativas de Títulos Públicos, com diferentes características para diferentes perfis de investidor.

 

Mas e os impostos?

 

               Nas aplicações do Tesouro Direto, como na maioria dos investimentos em renda fixa, o imposto cobrado será referente ao rendimento do período, ou seja, incide apenas sobre o que se ganhou com os juros. Ainda assim, mesmo com a incidência de impostos a rentabilidade do Tesouro Direto é aproximadamente 50% superior à rentabilidade da Poupança. Isso significa que, na pior das hipóteses, ao investir na Poupança você estará deixando de ganhar 50% a mais. A tabela abaixo foi retirada, como exemplo, do site do Tesouro Nacional e representa o preço dos títulos e a taxa anual de rentabilidade ofertada para o dia 18/03/2016. Mais detalhes sobre cada título, sobre os preços, as taxas serão abordados em um artigo mais específico.

 Tabela de preços e títulos do Tesouro Direto

 

Entendi, quero aprender mais e começar a investir!

 

              A Equipe do Manual do Investimento está preparando uma série de artigos mais detalhados sobre alguns investimentos interessantes do mercado, principalmente sobre o Tesouro Direto. Em breve, esses artigos serão publicados no nosso Blog. Não deixe de conferir!

               Outra opção, para iniciar no ramo de investimentos e obter um resultado acelerado, é o curso on-line Tesouro Direto Descomplicado, ministrado pelo Educador Financeiro Rafael Seabra, onde ele explica passo a passo, em nível básico, como investir no Tesouro Direto, as peculiaridades dessa modalidade e de outras aplicações, estratégias, dicas e muito mais. Um excelente material que vale a pena o investimento!

               Enquanto isso, dê uma olhada no vídeo que o site do Tesouro Nacional disponibilizou sobre o Tesouro Direto:

 

ConclusãoCaricatura de Trabalhado tenho uma ideia

 

            Portanto, o Tesouro Direto é um investimento simples e seguro, feito para qualquer pessoa, mesmo que não tenha muito dinheiro para investir inicialmente, e adequado para todos os níveis de investidores, até mesmo para aqueles que ainda estão guardando dinheiro na Poupança. Com apenas R$30 você começa a investir no Tesouro Direto sem sair de casa, tudo pela internet. Além disso, apresenta uma série de vantagens e inclusive de ser um investimento, em média, 50% mais rentável do que a Poupança.

 

 

             Agora você já tem conhecimento suficiente para entender como funciona o Tesouro Direto. Em breve, você vai poder conhecer os tipos de Títulos Públicos disponíveis, as rentabilidades, os impostos incidentes e o passo-a-passo para participar do Programa. Não se esqueça de visitar a página do Tesouro Direto Descomplicado!

 

              Esperamos que tenha gostado do artigo!

              Deixe seu comentário com dúvidas, críticas, sugestões e elogios.

              Até breve!

 

Deixe seu comentário com dúvidas, críticas, sugestões e elogios.